Hora Brasileira

A fala severa, didática e verdadeira da mais experiente parlamentar do Congresso

A fala severa, didática e verdadeira da mais experiente parlamentar do Congresso

Confira um discurso histórico feito pela deputada federal Lídice da Mata (PSB-BA) na CPI do MST. De forma severa, didática e franca, a mais experiente parlamentar do Congresso (foi deputada constituinte em 1987 e 1988) mostra como as lideranças da extrema direita na CPI têm "preconceito profundo" aos pobres, enquanto naturalizam a representação das classes mais ricas e poderosas.
Lídice da Mata destaca a importância dos movimentos sociais terem representação no Parlamento e critica o preconceito contra os trabalhadores rurais que buscam representação política.
Lídice da Mata destaca a importância dos movimentos sociais terem representação no Parlamento e critica o preconceito contra os trabalhadores rurais que buscam representação política.

No vídeo a deputada federal Lídice da Mata (PSB-BA) faz um discurso histórico durante a CPI do MST. A parlamentar, com vasta experiência no Congresso e que foi deputada constituinte em 1987 e 1988, aborda a forma como as lideranças da extrema direita na CPI demonstram um “preconceito profundo” em relação aos pobres, enquanto aceitam e naturalizam a representação das classes mais ricas e poderosas.

Lídice da Mata destaca a importância dos movimentos sociais terem representação no Parlamento e critica o preconceito contra os trabalhadores rurais que buscam representação política. Ela relembra sua trajetória, desde quando foi eleita representante dos estudantes de sua universidade até sua eleição como deputada. A deputada também menciona outros representantes que vieram de movimentos sociais, como o governador da Bahia, Jaques Wagner, que originou-se do Sindicato dos Petroquímicos.

A parlamentar critica a visão elitista que alguns têm, onde apenas os ricos, empresários e representantes do capital financeiro e imobiliário são vistos como dignos de representação, enquanto os trabalhadores rurais são marginalizados e estigmatizados. Lídice da Mata também aborda a criminalização do MST e a perseguição que o movimento enfrenta. Ela destaca a importância de reconhecer os crimes cometidos contra trabalhadores rurais e líderes que denunciam a grilagem de terras e a exploração ilegal de madeira, citando casos específicos em Rondônia.

Em sua fala, a deputada busca conscientizar sobre a importância da representatividade e da luta contra o preconceito, defendendo os direitos dos trabalhadores rurais e a justiça social.

Assista ao vídeo no canal Cortes 247

Leia também

Publicidade

Compartilhe

Publicidade

Bem Vindo ao HoraBrasileira

Nosso blog se destaca pela ampla variedade de conteúdos, incluindo política, economia, cultura, entre outros, com contribuições de colaboradores globais. Oferecemos nosso conteúdo em vários idiomas, essencial tanto para brasileiros no exterior quanto para estrangeiros.

Nossa missão é fornecer informações precisas, confiáveis e imparciais, com uma abordagem equilibrada, apesar de nossa orientação política progressista.

Comprometidos em manter a comunidade brasileira no exterior bem informada, garantimos acesso a notícias atualizadas e equilibradas sobre o Brasil e o mundo em diversas plataformas e idiomas.

Se você tem paixão por escrever e algo a dizer, queremos ouvir!

Pular para o conteúdo