Hora Brasileira

A Lei Maria da Penha será traduzida para os idiomas Xokleng, Kaingang e Guarani

Publicidade

A Lei Maria da Penha será traduzida para os idiomas Xokleng, Kaingang e Guarani

O projeto também visa capacitar órgãos públicos para prestar um bom atendimento às mulheres indígenas vítimas de violência doméstica. A previsão é que as cartilhas estejam prontas em maio deste ano.

A Lei Maria da Penha será disponibilizada em cartilhas nos idiomas Xokleng, Kaingang e Guarani e distribuída em terras indígenas de Santa Catarina, de acordo com a Secretaria de Estado da Assistência Social, Mulher e Família (SAS).

O projeto é fruto de uma parceria entre o Tribunal de Justiça (TJSC), o Conselho Estadual dos Povos Indígenas (Cepin) e a SAS, tendo sido concebido por lideranças indígenas. A SAS pretende transformar a iniciativa em um projeto permanente, que fornecerá informações sobre prevenção da violência e garantia dos direitos das mulheres indígenas.

O projeto também visa capacitar órgãos públicos para prestar um bom atendimento às mulheres indígenas vítimas de violência doméstica. A previsão é que as cartilhas estejam prontas em maio deste ano.

Leia também

Publicidade

Compartilhe

Publicidade

Bem Vindo ao HoraBrasileira

Nosso blog se destaca pela ampla variedade de conteúdos, incluindo política, economia, cultura, entre outros, com contribuições de colaboradores globais. Oferecemos nosso conteúdo em vários idiomas, essencial tanto para brasileiros no exterior quanto para estrangeiros.

Nossa missão é fornecer informações precisas, confiáveis e imparciais, com uma abordagem equilibrada, apesar de nossa orientação política progressista.

Comprometidos em manter a comunidade brasileira no exterior bem informada, garantimos acesso a notícias atualizadas e equilibradas sobre o Brasil e o mundo em diversas plataformas e idiomas.

Se você tem paixão por escrever e algo a dizer, queremos ouvir!

Pular para o conteúdo