Hora Brasileira

Ações urgentes contra mudanças climáticas ainda podem garantir ‘futuro habitável’ na Terra, diz IPCC

Publicidade

Ações urgentes contra mudanças climáticas ainda podem garantir ‘futuro habitável’ na Terra, diz IPCC

Nesta segunda-feira (20), foi divulgado um novo relatório pelo painel da ONU que apresenta um resumo do consenso científico sobre o aquecimento do planeta nos últimos anos. No entanto, o documento também alerta que o ritmo atual das ações globais é considerado "insuficiente".

O Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) da ONU divulgou nesta segunda-feira (20) o seu relatório síntese sobre o estado atual e os possíveis cenários futuros do aquecimento global provocado pelo homem. O documento é resultado de uma semana de negociações entre cientistas e representantes dos governos dos países membros do painel, e resume as principais conclusões dos seis relatórios anteriores elaborados pelo IPCC nos últimos anos.

O relatório traz uma mensagem de esperança, mas também de urgência. Segundo os cientistas, ainda é possível garantir um “futuro sustentável habitável para todos” se agirmos agora para reduzir as emissões de gases de efeito estufa de forma profunda, rápida e sustentável em todos os setores da economia e da sociedade. Para isso, é preciso cortar pela metade as emissões globais até 2030 e zerá-las até 2050, mantendo o aquecimento médio da superfície terrestre em 1,5°C em relação aos níveis pré-industriais.

No entanto, o relatório também alerta que o ritmo atual das ações climáticas é “insuficiente” para atingir essa meta, e que os impactos das mudanças climáticas já estão sendo sentidos em todo o mundo, afetando a saúde, a segurança alimentar, a biodiversidade e os meios de subsistência de bilhões de pessoas. Além disso, alguns desses impactos são irreversíveis ou podem se tornar muito mais severos se ultrapassarmos certos limites ou pontos de inflexão do sistema climático.

Por isso, o relatório enfatiza a necessidade de aumentar a ambição e a cooperação internacional para enfrentar esse desafio global. Os cientistas também destacam que existem várias opções viáveis e eficazes para nos adaptarmos aos riscos climáticos e aproveitarmos as oportunidades de desenvolvimento resiliente ao clima. Essas opções incluem medidas como melhorar o planejamento urbano, promover a transição energética para fontes renováveis, restaurar ecossistemas naturais, fortalecer a gestão integrada dos recursos hídricos e aumentar a participação social e a justiça climática.

O relatório síntese do IPCC é considerado um documento fundamental para orientar as decisões políticas sobre as mudanças climáticas nos próximos anos. Ele será usado como base para as negociações da 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (COP26), que acontecerá em novembro deste ano em Glasgow, no Reino Unido. Espera-se que os líderes mundiais assumam compromissos mais ambiciosos e concretos para cumprir o Acordo de Paris de 2015.

Leia também

Publicidade

Compartilhe

Publicidade

Bem Vindo ao HoraBrasileira

Nosso blog se destaca pela ampla variedade de conteúdos, incluindo política, economia, cultura, entre outros, com contribuições de colaboradores globais. Oferecemos nosso conteúdo em vários idiomas, essencial tanto para brasileiros no exterior quanto para estrangeiros.

Nossa missão é fornecer informações precisas, confiáveis e imparciais, com uma abordagem equilibrada, apesar de nossa orientação política progressista.

Comprometidos em manter a comunidade brasileira no exterior bem informada, garantimos acesso a notícias atualizadas e equilibradas sobre o Brasil e o mundo em diversas plataformas e idiomas.

Se você tem paixão por escrever e algo a dizer, queremos ouvir!

Pular para o conteúdo