Hora Brasileira

Ciclone Pós-Tropical Lee Ameaça América do Norte com Ventos de Força de Furacão

Ciclone Pós-Tropical Lee Ameaça América do Norte com Ventos de Força de Furacão

Lee, antes um furacão de categoria 1, provoca ventos e chuvas intensas, impactando regiões da América do Norte, com alertas emitidos para várias áreas costeiras.
Heavy surf pounds the coastline at Nauset Beach in East Orleans, Massachusetts, on Friday. Heavy surf pounds the coastline at Nauset Beach in East Orleans, Massachusetts, on Friday.
Heavy surf pounds the coastline at Nauset Beach in East Orleans, Massachusetts, on Friday. Heavy surf pounds the coastline at Nauset Beach in East Orleans, Massachusetts, on Friday.

Agora um ciclone pós-tropical, Lee continua a gerar ventos de força de furacão na manhã de sábado, trazendo chuva para partes do sudeste de New England e Atlântico Canadense, conforme o National Hurricane Center. Mesmo tendo perdido características tropicais suficientes para ser considerado um furacão, Lee ainda é esperado impactar a região.

Previsões e Impactos:

“Lee deve estar na ou pouco abaixo da força de um furacão quando atingir a Nova Escócia mais tarde hoje. Um enfraquecimento é previsto para esta noite e domingo”, informou o National Hurricane Center. Os impactos mais significativos nos EUA são possíveis inundações costeiras e ventos de tempestade tropical em New England, particularmente no Maine, onde foi declarado estado de emergência.

Observações Recentes:

Lee tinha ventos máximos sustentados de 80 mph com seu núcleo a cerca de 220 milhas ao sul-sudeste de Eastport, Maine. A tempestade não deve atingir o território americano, mas condições de tempestade tropical afetavam Massachusetts e Nova Escócia. Ventos de força de furacão poderiam ser sentidos até 140 milhas do centro de Lee.

Precauções e Avisos:

Alertas de tempestade tropical estão em vigor desde Massachusetts até Maine, estendendo-se ao norte no Canadá. Na costa, desde Long Island Sound até o Maine, inundações de 1 a 3 pés acima do nível do solo são possíveis. Residentes do Canadá e dos EUA ao longo da costa são aconselhados a permanecerem em casa.

Recomendações de Segurança:

Jamie Rhome, vice-diretor do National Hurricane Center, alertou para os riscos de correntes marinhas e aconselhou as pessoas a não se aproximarem das praias. Em antecipação a essas ondas perigosas, algumas praias em New Jersey foram fechadas para natação. No Canadá, os moradores são aconselhados a se prepararem para possíveis cortes de energia e permanecerem em casa.

Leia também

Publicidade

Compartilhe

Publicidade

Bem Vindo ao HoraBrasileira

Nosso blog se destaca pela ampla variedade de conteúdos, incluindo política, economia, cultura, entre outros, com contribuições de colaboradores globais. Oferecemos nosso conteúdo em vários idiomas, essencial tanto para brasileiros no exterior quanto para estrangeiros.

Nossa missão é fornecer informações precisas, confiáveis e imparciais, com uma abordagem equilibrada, apesar de nossa orientação política progressista.

Comprometidos em manter a comunidade brasileira no exterior bem informada, garantimos acesso a notícias atualizadas e equilibradas sobre o Brasil e o mundo em diversas plataformas e idiomas.

Se você tem paixão por escrever e algo a dizer, queremos ouvir!

Pular para o conteúdo