Hora Brasileira

Depoimentos à PF sobre Tentativa de Golpe

Publicidade

Depoimentos à PF sobre Tentativa de Golpe

Bolsonaro, Valdemar Costa Neto e Anderson Torres prestam depoimento à PF em investigação sobre tentativa de golpe de Estado, com Bolsonaro optando pelo silêncio.
Valdemar e Anderson Torres resolveram falar à PF, dizem advogados
Valdemar e Anderson Torres resolveram falar à PF, dizem advogados

Na sede da Polícia Federal em Brasília, nesta quinta-feira (22), foram ouvidos depoimentos de figuras políticas de destaque em uma investigação sobre tentativa de golpe de Estado. Entre os investigados estavam o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), o presidente do PL, Valdemar Costa Neto, e o ex-ministro da Defesa Anderson Torres.

Durante os depoimentos, Jair Bolsonaro optou pelo silêncio frente aos investigadores, permanecendo menos de meia hora na sede da PF. Em contraste, Valdemar Costa Neto e Anderson Torres responderam às perguntas formuladas pelos investigadores. A decisão de Bolsonaro de não falar foi divulgada pelo seu advogado, Fabio Wajngarten, que ressaltou não ser uma simples escolha pelo direito constitucional ao silêncio, mas uma estratégia diante da falta de acesso a elementos da acusação.

A defesa do ex-presidente tem buscado acesso aos autos da operação Tempus Veritatis, especialmente às mídias digitais e à delação de Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Bolsonaro. Até o momento, tais pedidos têm sido parcialmente atendidos pelo ministro Alexandre de Moraes, que liberou acesso aos mandados, mas não às mídias digitais solicitadas.

Tanto a defesa de Valdemar Costa Neto quanto de Anderson Torres divulgaram notas confirmando a participação de seus clientes nos depoimentos e reiterando a disposição em colaborar com as investigações. Anderson Torres, especificamente, manifestou sua crença na Justiça e confiança nas instituições brasileiras, enfatizando sua serenidade ao responder às perguntas.

A investigação busca esclarecer as ações de um grupo, que incluía Bolsonaro, militares e políticos, visando deslegitimar as instituições democráticas com informações falsas para reverter o resultado das eleições de 2022 e impedir a posse do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Este depoimento marca um momento crucial na investigação sobre as tentativas de desestabilização da democracia brasileira.

Leia também

Publicidade

Compartilhe

Publicidade

Bem Vindo ao HoraBrasileira

Nosso blog se destaca pela ampla variedade de conteúdos, incluindo política, economia, cultura, entre outros, com contribuições de colaboradores globais. Oferecemos nosso conteúdo em vários idiomas, essencial tanto para brasileiros no exterior quanto para estrangeiros.

Nossa missão é fornecer informações precisas, confiáveis e imparciais, com uma abordagem equilibrada, apesar de nossa orientação política progressista.

Comprometidos em manter a comunidade brasileira no exterior bem informada, garantimos acesso a notícias atualizadas e equilibradas sobre o Brasil e o mundo em diversas plataformas e idiomas.

Se você tem paixão por escrever e algo a dizer, queremos ouvir!

Pular para o conteúdo