Hora Brasileira

Dinamarca Contribui com R$ 110 Milhões para o Fundo Amazônia

Publicidade

Dinamarca Contribui com R$ 110 Milhões para o Fundo Amazônia

A Dinamarca doa R$ 110 milhões ao Fundo Amazônia, elevando as contribuições anuais para mais de R$ 3,4 bilhões. A iniciativa visa combater o desmatamento e promover a sustentabilidade.
Em reunião no Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima nesta terça-feira (29), o governo da Dinamarca anunciou uma doação de cerca de R$ 110 milhões ao Fundo Amazônia.
Em reunião no Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima nesta terça-feira (29), o governo da Dinamarca anunciou uma doação de cerca de R$ 110 milhões ao Fundo Amazônia.

A Dinamarca anunciou a doação de 150 milhões de coroas dinamarquesas — cerca de R$ 110 milhões — ao Fundo Amazônia. O anúncio foi feito pelo ministro de Cooperação para o Desenvolvimento e Política Climática Global Dan Jørgensen, durante uma reunião com a ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva.

Contribuições Anuais ao Fundo:

O Fundo Amazônia foi criado em 2008. Neste ano, as novas doações, incluindo contribuições de países como Alemanha e Estados Unidos, somam mais de R$ 3,4 bilhões.

Impacto da Mudança Climática:

Em uma declaração conjunta após o encontro, os dois países reconheceram que a mudança do clima tem impacto nas florestas, nas comunidades locais e nos povos indígenas. A doação visa financiar projetos que reduzam o desmatamento, protejam a biodiversidade e promovam o desenvolvimento sustentável no Brasil.

Compromisso Brasileiro:

Marina Silva reafirmou o compromisso do atual governo de acabar com o desmatamento na Amazônia até 2030. “O anúncio da doação para o Fundo Amazônia reflete a confiança na política ambiental do Brasil”, disse Jørgensen.

Principais Doadores do Fundo:

Criado em 2008, o Fundo Amazônia busca doações para prevenir e monitorar o desmatamento na região da floresta. Os principais doadores deste ano incluem:

  • Alemanha – R$ 190 milhões
  • Reino Unido – R$ 500 milhões
  • Estados Unidos – R$ 2,5 bilhões
  • União Europeia – R$ 100 milhões
  • Suíça – R$ 30 milhões

Preparativos para a COP28:

Durante o encontro, os ministros discutiram os preparativos para a COP28 em Dubai. Eles também abordaram a atuação de ambos os países em fóruns multilaterais, como o G20. Jørgensen destacou que a Dinamarca presidirá a União Europeia no segundo semestre de 2025, coincidindo com a COP30 em Belém.

Leia também

Publicidade

Compartilhe

Publicidade

Bem Vindo ao HoraBrasileira

Nosso blog se destaca pela ampla variedade de conteúdos, incluindo política, economia, cultura, entre outros, com contribuições de colaboradores globais. Oferecemos nosso conteúdo em vários idiomas, essencial tanto para brasileiros no exterior quanto para estrangeiros.

Nossa missão é fornecer informações precisas, confiáveis e imparciais, com uma abordagem equilibrada, apesar de nossa orientação política progressista.

Comprometidos em manter a comunidade brasileira no exterior bem informada, garantimos acesso a notícias atualizadas e equilibradas sobre o Brasil e o mundo em diversas plataformas e idiomas.

Se você tem paixão por escrever e algo a dizer, queremos ouvir!

Pular para o conteúdo