Hora Brasileira

Enchentes no Acre: Milhares Desabrigados e Desalojados

Publicidade

Enchentes no Acre: Milhares Desabrigados e Desalojados

Mais de 11 mil pessoas são afetadas por enchentes no Acre, com cidades em estado de emergência e calamidade pública. O governo federal reconhece a situação de emergência.

O estado do Acre enfrenta uma grave situação devido às enchentes de rios e igarapés, afetando mais de três mil pessoas diretamente com desabrigamento e desalojamento. Diversas cidades, incluindo a capital, Rio Branco, sofrem com os efeitos das chuvas intensas, levando o governo estadual a decretar estado de alerta.

Desde a última quarta-feira, com o aumento das chuvas, os níveis dos rios subiram vertiginosamente, forçando mais de seis mil pessoas a deixarem suas casas. Em resposta, o governo do estado divulgou dados alarmantes: 3717 desabrigadas e 3379 desalojadas. Para acomodar os afetados, 39 abrigos foram montados em todo o estado.

Entre as cidades mais afetadas estão Assis Brasil, Brasiléia, Epitaciolândia, Xapuri e a capital, Rio Branco, que além das enchentes dos rios, enfrenta problemas com o transbordo dos igarapés Batista, São Francisco e Dias Martins. As enchentes já ultrapassam as cotas de transbordo, causando estragos significativos e forçando evacuações, inclusive de estruturas críticas como hospitais e postos de saúde.

O município de Jordão destaca-se pela gravidade da situação, tendo decretado estado de calamidade pública devido à cheia do Rio Tarauacá. Mais de 80% da cidade ficou alagada, afetando diretamente a vida de mais de 5 mil pessoas e levando à evacuação do hospital municipal.

Diante da situação, o governo federal reconheceu a emergência, permitindo a mobilização de recursos e apoio para as áreas afetadas. Até o momento, pelo menos 17 municípios declararam emergência, com a capital registrando quase dois metros acima da cota de transbordo e tendência de aumento nos níveis dos rios.

As enchentes no Acre representam um desafio significativo para os moradores e as autoridades locais e federais. A mobilização de recursos e o estabelecimento de abrigos emergenciais são passos cruciais para mitigar o impacto das enchentes, enquanto se busca uma solução a longo prazo para a recorrência dessas catástrofes naturais.

Leia também

Publicidade

Compartilhe

Publicidade

Bem Vindo ao HoraBrasileira

Nosso blog se destaca pela ampla variedade de conteúdos, incluindo política, economia, cultura, entre outros, com contribuições de colaboradores globais. Oferecemos nosso conteúdo em vários idiomas, essencial tanto para brasileiros no exterior quanto para estrangeiros.

Nossa missão é fornecer informações precisas, confiáveis e imparciais, com uma abordagem equilibrada, apesar de nossa orientação política progressista.

Comprometidos em manter a comunidade brasileira no exterior bem informada, garantimos acesso a notícias atualizadas e equilibradas sobre o Brasil e o mundo em diversas plataformas e idiomas.

Se você tem paixão por escrever e algo a dizer, queremos ouvir!

Pular para o conteúdo