Hora Brasileira

FOI SÓ O ‘CASO MARIELLE’ VOLTAR À TONA PARA ELE CRIAR FACTOIDE PARA DISTRAIR

FOI SÓ O ‘CASO MARIELLE’ VOLTAR À TONA PARA ELE CRIAR FACTOIDE PARA DISTRAIR

O vídeo do do canal "Cortes 247" discute o cenário político no Brasil, focando nas controvérsias envolvendo Jair Bolsonaro e o caso de Marielle Franco.
Canal 247
Canal 247

Os palestrantes discutem as manobras políticas de Bolsonaro, sua afiliação com Fernando Holiday e o Partido Liberal, e suas tentativas de manter o engajamento nas redes sociais, apesar de ser inelegível para a presidência. Eles especulam que Bolsonaro pode estar tentando vender seu eleitorado para alguém que ele possa apoiar no futuro, mas também consideram a possibilidade de sua prisão nos próximos anos.

A discussão então se volta para o caso de Marielle Franco, que está muito ativo nas redes sociais. Eles criticam as tentativas de Bolsonaro de desviar a atenção do caso, criando controvérsias. Os palestrantes também discutem a intervenção do Ministério da Justiça e da Polícia Federal no caso, destacando a importância dessa intervenção para o avanço das investigações. Eles criticam aqueles que questionam a intervenção do Ministério da Justiça, argumentando que sua ação é necessária para esclarecer o crime.

Assista o video no Canal 247

Leia também

Publicidade

Compartilhe

Publicidade

Bem Vindo ao HoraBrasileira

Nosso blog se destaca pela ampla variedade de conteúdos, incluindo política, economia, cultura, entre outros, com contribuições de colaboradores globais. Oferecemos nosso conteúdo em vários idiomas, essencial tanto para brasileiros no exterior quanto para estrangeiros.

Nossa missão é fornecer informações precisas, confiáveis e imparciais, com uma abordagem equilibrada, apesar de nossa orientação política progressista.

Comprometidos em manter a comunidade brasileira no exterior bem informada, garantimos acesso a notícias atualizadas e equilibradas sobre o Brasil e o mundo em diversas plataformas e idiomas.

Se você tem paixão por escrever e algo a dizer, queremos ouvir!

Pular para o conteúdo