Hora Brasileira

Hoje, o TSE reinicia o julgamento que pode tornar Bolsonaro inelegível.

Publicidade

Hoje, o TSE reinicia o julgamento que pode tornar Bolsonaro inelegível.

Na última quinta-feira (22), começou a ser apreciado na Corte Eleitoral o processo por suposto abuso de poder político.

Nesta terça-feira (27), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) retoma o julgamento da ação que pode tornar Jair Bolsonaro inelegível por oito anos. A sessão está marcada para as 19h e terá início com a leitura do voto do relator, ministro Benedito Gonçalves.

O processo em questão é uma acusação do Partido Democrático Trabalhista (PDT) contra Bolsonaro por suposto abuso de poder político e uso indevido dos meios de comunicação. A acusação se baseia em uma reunião do ex-presidente com embaixadores no Palácio da Alvorada em julho do ano passado, na qual o PDT afirma que Bolsonaro fez ataques às urnas eletrônicas utilizadas nas eleições.

Além de Bolsonaro, o candidato a vice-presidente na chapa e ex-ministro da Casa Civil, Walter Braga Netto, também é réu no processo. Antes de abordar o mérito, o relator deve lidar com questões preliminares, como a permanência da “minuta do golpe” no processo, que foi encontrada na casa do ex-ministro da Justiça Anderson Torres durante investigações sobre ataques ocorridos em 8 de janeiro.

A ordem das manifestações dos ministros será: relator, Raul Araújo, Floriano de Azevedo Marques, André Ramos Tavares, Cármen Lúcia, Nunes Marques e, por último, Alexandre de Moraes, presidente da Corte. Caso o julgamento não seja concluído nesta terça-feira, uma sessão adicional está reservada para quinta-feira (29).

Caso algum dos ministros solicite vista, o julgamento poderá ser adiado por até 30 dias. Na sessão de quinta-feira passada (22), o advogado do PDT, Walber Agra, fez acusações contundentes contra Bolsonaro, estabelecendo conexões entre a reunião com embaixadores, disseminação de fake news e ataque às instituições democráticas. Por sua vez, o advogado de Bolsonaro, Tarcísio Vieira de Carvalho, refutou as acusações, negando correlação entre a reunião e os eventos de 8 de janeiro, além de contestar a ação do PDT como uma plataforma política de propaganda antecipada.

Assiste aqui na íntegra a primeira sessão do julgamento

Leia também

Publicidade

Compartilhe

Publicidade

Bem Vindo ao HoraBrasileira

Nosso blog se destaca pela ampla variedade de conteúdos, incluindo política, economia, cultura, entre outros, com contribuições de colaboradores globais. Oferecemos nosso conteúdo em vários idiomas, essencial tanto para brasileiros no exterior quanto para estrangeiros.

Nossa missão é fornecer informações precisas, confiáveis e imparciais, com uma abordagem equilibrada, apesar de nossa orientação política progressista.

Comprometidos em manter a comunidade brasileira no exterior bem informada, garantimos acesso a notícias atualizadas e equilibradas sobre o Brasil e o mundo em diversas plataformas e idiomas.

Se você tem paixão por escrever e algo a dizer, queremos ouvir!

Pular para o conteúdo