Hora Brasileira

Mercado Financeiro: Incertezas Globais e Movimentações de Sexta-feira (11)

Publicidade

Mercado Financeiro: Incertezas Globais e Movimentações de Sexta-feira (11)

Wall Street e bolsas europeias reagem a dados econômicos e incertezas sobre o Fed. Ibovespa enfrenta queda consecutiva, enquanto o dólar mostra variações.
Mercado Financeiro: Incertezas Globais e Movimentações de Sexta-feira (11)
Mercado Financeiro: Incertezas Globais e Movimentações de Sexta-feira (11)

Wall Street e Inflação nos EUA:

Wall Street fecha sem direção única com incertezas sobre próximos passos do Fed. As bolsas de Nova York fecharam sem direção única nesta sexta-feira (11) após o avanço da inflação ao produtor (PPI) nos EUA ampliar as incertezas sobre os próximos passos do Federal Reserva (Fed). O Nasdaq teve duas semanas consecutivas de perdas pela primeira vez neste ano, segundo a Dow Jones Newswires.

Desempenho dos Índices:

O índice Dow Jones fechou com elevação de 0,30%, o S&P 500 cedeu 0,11% e o Nasdaq perdeu 0,68%. Em relação à sexta-feira passada, o Dow Jones subiu 0,62%, o S&P 500 recuou 0,31% e o Nasdaq caiu 1,90%.

Impacto do PPI e Expectativas:

O PPI, divulgado antes da abertura, pesou sobre as bolsas, levantando dúvidas sobre o ciclo de aperto monetário do Federal Reserve (Fed). O impacto foi amortecido pelo recuo nas expectativas de inflação, aferidas pela Universidade de Michigan.

Destaques do Pregão:

O American Depositary Receipts do UBS subiu 5,61% após encerrar um acordo com o governo suíço. A ação da Chevron avançou 2,06%, e ExxonMobil teve ganho de 1,55%. Fabricantes de chips, como Nvidia e AMD, tiveram baixas significativas.

Bolsas Europeias:

Bolsas da Europa fecharam em baixa com expectativa de mais aperto monetário pelo BoE e Fed. Londres foi particularmente mais fraca devido a expectativas de aperto monetário pelo Banco da Inglaterra após dados mais fortes do Reino Unido.

Ibovespa e Dólar:

O Ibovespa encerrou em queda nesta sexta-feira (11) pelo 9º pregão consecutivo. O dólar encerrou a sexta-feira em alta ante o real, reagindo à divulgação de novos dados de inflação nos Estados Unidos.

Inflação no Brasil:

Na abertura dos mercados, o IBGE informou que o IPCA subiu 0,12% em julho. A inflação de serviços desacelerou a alta a 0,25% em julho.

Inflação nos EUA:

Os dados de inflação ao produtor nos Estados Unidos são foco de atenção dos investidores. O índice de preços ao produtor para a demanda final subiu 0,3% no mês passado. Nos 12 meses até julho, os preços ao produtor aumentaram 0,8%.

Leia também

Publicidade

Compartilhe

Publicidade

Bem Vindo ao HoraBrasileira

Nosso blog se destaca pela ampla variedade de conteúdos, incluindo política, economia, cultura, entre outros, com contribuições de colaboradores globais. Oferecemos nosso conteúdo em vários idiomas, essencial tanto para brasileiros no exterior quanto para estrangeiros.

Nossa missão é fornecer informações precisas, confiáveis e imparciais, com uma abordagem equilibrada, apesar de nossa orientação política progressista.

Comprometidos em manter a comunidade brasileira no exterior bem informada, garantimos acesso a notícias atualizadas e equilibradas sobre o Brasil e o mundo em diversas plataformas e idiomas.

Se você tem paixão por escrever e algo a dizer, queremos ouvir!

Pular para o conteúdo