Hora Brasileira

Metade dos habitantes da Faixa de Gaza está em situação de fome catastrófica.

Publicidade

Metade dos habitantes da Faixa de Gaza está em situação de fome catastrófica.

Relatório destaca que metade da população da Faixa de Gaza enfrenta fome catastrófica, a pior crise alimentar registrada pela ONU, exigindo medidas urgentes.

Metade dos habitantes da Faixa de Gaza está enfrentando uma situação de fome catastrófica. Um relatório sobre segurança alimentar divulgado recentemente revela que quase todos os lares em Gaza estão pulando refeições diariamente, com adultos reduzindo suas próprias porções para que as crianças possam se alimentar.

Alerta de Crise Alimentar:

Especialistas em ajuda humanitária da ONU alertam que um em cada dois habitantes da Faixa de Gaza vive em condições alimentares catastróficas, especialmente no norte. Sem “medidas urgentes”, a fome deverá piorar até maio. Mais de 1,1 milhões de pessoas em Gaza enfrentam uma situação de fome sem precedentes, representando a maior crise alimentar já registrada pela ONU.

Escala da Crise:

O relatório da Iniciativa Integrada de Classificação da Fase de Segurança Alimentar (IPC) destaca a gravidade da situação, que ameaça se espalhar por todo o enclave, afetando 2,2 milhões de palestinos. A Faixa de Gaza tem agora a maior porcentagem de população enfrentando o nível mais grave de insegurança alimentar (nível 5) desde o início dos relatórios do IPC em 2004.

Condições Críticas:

O enclave palestiniano, controlado pelo grupo Hamas e alvo de ofensivas militares, está vivendo uma crise 100% provocada pelo homem, sem influência de desastres naturais. A crise alimentar intensifica críticas a Israel por bloqueios que dificultam o acesso a alimentos e ajuda humanitária, com a União Europeia acusando Israel de usar a fome como “arma de guerra”.

Impacto Humano:

Quase todos os lares em Gaza estão reduzindo refeições, com situações extremas de desnutrição, especialmente entre crianças menores de 2 anos. Mais de 20 pessoas morreram de subnutrição aguda no norte do enclave. A crise é atribuída ao conflito contínuo e ao acesso humanitário extremamente limitado.

Avaliação e Resposta Internacional:

O relatório agora desencadeará uma avaliação por um Comitê de Revisão da Fome, visando respostas para a crise alimentar exacerbada pela guerra contínua entre Israel e o Hamas e pelo acesso humanitário limitado.

Leia também

Publicidade

Compartilhe

Publicidade

Bem Vindo ao HoraBrasileira

Nosso blog se destaca pela ampla variedade de conteúdos, incluindo política, economia, cultura, entre outros, com contribuições de colaboradores globais. Oferecemos nosso conteúdo em vários idiomas, essencial tanto para brasileiros no exterior quanto para estrangeiros.

Nossa missão é fornecer informações precisas, confiáveis e imparciais, com uma abordagem equilibrada, apesar de nossa orientação política progressista.

Comprometidos em manter a comunidade brasileira no exterior bem informada, garantimos acesso a notícias atualizadas e equilibradas sobre o Brasil e o mundo em diversas plataformas e idiomas.

Se você tem paixão por escrever e algo a dizer, queremos ouvir!

Pular para o conteúdo