Hora Brasileira

Mike Pence Pronto para Cumprir a Lei em Julgamento de Trump

Mike Pence Pronto para Cumprir a Lei em Julgamento de Trump

Ex-vice-presidente Mike Pence discute a possibilidade de testemunhar contra Donald Trump e aborda questões políticas importantes, incluindo a integridade da Constituição dos EUA
Mike Pence - Ex-vice-presidente dos Estados Unidos
Mike Pence - Ex-vice-presidente dos Estados Unidos

Mike Pence, o ex-vice-presidente dos EUA, declarou que seguiria a lei caso seja convocado para testemunhar no julgamento de Donald Trump, seu antecessor. Este julgamento está relacionado às acusações criminais contra Trump por suas tentativas de reverter a eleição de 2020. Apesar da incerteza do processo, Pence afirmou em entrevista à CNN que, mesmo sem planos para depor, respeitaria a decisão legal.

Direito à Defesa de Trump e Questões da Primeira Emenda

Pence também abordou o direito de Trump à presunção de inocência e sua liberdade para apresentar sua defesa em tribunal. Declarou ainda que existem questões profundas relacionadas à Primeira Emenda, liberdade de expressão, e expressou confiança de que Trump e seu advogado irão abordar essas questões.

Acusações Contra Trump e Andamento do Processo

Na última quinta-feira, Trump se declarou inocente das quatro acusações criminais, incluindo conspiração contra os Estados Unidos. Tais acusações estão ligadas à investigação liderada pelo procurador especial sobre as tentativas de Trump de reverter a eleição presidencial de 2020. A data do julgamento será definida na próxima audiência, em 28 de agosto.

Pence e a Adesão à Lei

Pence afirmou que responderia ao chamado da lei, caso fosse solicitado para ser testemunha, e que diria a verdade. Também discutiu que Trump estava equivocado ao pensar que ele, como vice-presidente e presidente da contagem dos votos do Colégio Eleitoral, poderia rejeitar o resultado da eleição.

A Lealdade de Pence à Constituição e as Eleições de 2024

Pence reiterou que manteve seu juramento à Constituição, apesar da pressão de Trump, e que sempre o fará. Ele também mencionou sua intenção de concorrer à Presidência, defendendo que ninguém deve se colocar acima da Constituição. Por fim, respondeu às acusações de Trump em sua rede social, Truth Social, onde o ex-presidente negou pedir a Pence para violar a Constituição. Ambos são pré-candidatos republicanos à presidência para as eleições de 2024.

Leia também

Publicidade

Compartilhe

Publicidade

Bem Vindo ao HoraBrasileira

Nosso blog se destaca pela ampla variedade de conteúdos, incluindo política, economia, cultura, entre outros, com contribuições de colaboradores globais. Oferecemos nosso conteúdo em vários idiomas, essencial tanto para brasileiros no exterior quanto para estrangeiros.

Nossa missão é fornecer informações precisas, confiáveis e imparciais, com uma abordagem equilibrada, apesar de nossa orientação política progressista.

Comprometidos em manter a comunidade brasileira no exterior bem informada, garantimos acesso a notícias atualizadas e equilibradas sobre o Brasil e o mundo em diversas plataformas e idiomas.

Se você tem paixão por escrever e algo a dizer, queremos ouvir!

Pular para o conteúdo