Hora Brasileira

Militares Aposentados Testemunham sobre Fenômenos Anômalos Não Identificados no Congresso

Militares Aposentados Testemunham sobre Fenômenos Anômalos Não Identificados no Congresso

Três veteranos militares aposentados testemunham sobre fenômenos anômalos não identificados, alertando para a necessidade de maior transparência governamental.
Governo dos EUA investiga mais de 500 objetos voadores não-identificados | Espaço | Galileu
Governo dos EUA investiga mais de 500 objetos voadores não-identificados | Espaço | Galileu

Três veteranos militares aposentados testemunharam na quarta-feira em uma audiência da Câmara de Deputados nos EUA sobre fenômenos anômalos não identificados – comumente conhecidos como OVNIs – alertando que as aparições são um problema de segurança nacional e que o governo tem sido muito secreto sobre eles.

A Urgência da Transparência Governamental

Uma subcomissão de Supervisão da Câmara convocou a audiência de quarta-feira sobre OVNIs, pois os legisladores que pressionaram pela audiência estão pedindo que o governo seja mais transparente sobre os fenômenos anômalos não identificados.

Testemunhos de Encontros com UAPs

Graves e David Fravor, um comandante aposentado da Marinha dos EUA, ambos testemunharam sobre suas próprias aparições de UAPs enquanto serviam no exército. David Grusch, um ex-oficial de inteligência da Força Aérea, alegou que o governo encobriu sua pesquisa sobre as aparições não identificadas e disse que relatou informações ao inspetor geral da comunidade de inteligência.

Ameaça à Segurança Nacional

“A tecnologia que enfrentamos era muito superior a qualquer coisa que tínhamos”, disse Fravor sobre o episódio que testemunhou em 2004, quando perguntado por que os UAPs são uma ameaça à segurança nacional.

A Necessidade de Mais Audiências

“Esta é uma questão de transparência governamental”, disse o deputado Tim Burchett, um republicano do Tennessee que pressionou para realizar a audiência de quarta-feira. “Não estamos trazendo homenzinhos verdes ou discos voadores para a audiência. … Vamos apenas chegar aos fatos. Vamos descobrir o encobrimento, e espero que este seja apenas o começo de muitas outras audiências.”

Acompanhamento do Pentágono

Nenhum funcionário do governo testemunhou na audiência de quarta-feira. Em abril, Sean Kirkpatrick, diretor do Escritório de Resolução de Anomalias de Todos os Domínios do Pentágono, que o Congresso criou para se concentrar em UAPs, disse a uma subcomissão do Senado que o governo dos EUA estava rastreando 650 casos potenciais de fenômenos aéreos não identificados, exibindo vídeo de dois dos episódios.

Pressão para Mais Transparência

Os legisladores pressionaram o Departamento de Defesa sobre as aparições, descrevendo-as como possíveis ameaças à segurança nacional. “Os UAPs, sejam eles o que forem, podem representar uma séria ameaça para nossos militares e nossas aeronaves civis, e isso deve ser entendido”, disse o deputado democrata Robert Garcia da Califórnia.

O Estigma de Relatar UAPs

Graves disse que ainda existe um estigma para os pilotos comerciais e militares quando se trata de relatar incidentes de UAPs. “Agora precisamos de um sistema onde os pilotos possam relatar sem medo de perder seus empregos”, disse Graves. “Existe o medo de que o estigma relacionado a este tópico vá levar a repercussões profissionais, seja através da administração ou através de seu check-up físico anual.”

Desvendando os UAPs: Fenômenos Anômalos Não Identificados e sua História

Introdução aos UAPs

“Você conhece os UAPs? A sigla em inglês significa “Unidentified Anomalous Phenomena”, ou Fenômeno Anômalo Não Identificado, em bom português. Como o nome indica, o termo se refere a observações de fenômenos que não podem ser explicados imediatamente — muitos não sendo explicados nunca.”

Histórico de Avistamentos

“Os avistamentos de objetos no céu sem explicação aparente não são recentes. Os antigos gregos e romanos, por exemplo, interpretavam os cometas e meteoros como sinais que indicariam algo bom ou ruim que havia acontecido ou iria acontecer. Já na década de 1940, o aviador e empresário norte-americano Kenneth Arnold afirmou ter visto luzes brilhantes no céu. Alguns jornais descreveram tais luzes como discos voadores, e não demorou muito para a expressão ser amplamente adotada pelo público.”

Definição e Significado dos UAPs

“Originalmente, o nome UAP significava fenômenos aéreos não identificados. Isso mudou em 2022, ano em que o Pentágono, a sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, passou a usar a expressão para se referir aos fenômenos anômalos não identificados. Mas, afinal, o que significa tudo isso? Basicamente, ambas as expressões se referem ao avistamento de algo que não parece ter explicação. Tais avistamentos podem ser de luzes ou de objetos, e muitos deles foram relatados por militares norte-americanos.”

Explicações Possíveis para os UAPs

“Apesar de parecerem misteriosas, muitas destas aparições vêm de processos naturais e objetos conhecidos, como balões meteorológicos, lanternas, aviões refletindo a luz solar, entre outros. Mesmo assim, uma pequena parte delas permanece sem explicação. Vale lembrar que isso não significa que os UAPs tenham relação com vida extraterrestre. Na verdade, a preocupação com a origem deles se deve muito mais à possibilidade de alguma nação rival ter tecnologias avançadas, com potenciais riscos para a segurança nacional.”

Diferença entre OVNIs e UAPs

“Os fenômenos aéreos que não parecem ter causa identificável também podem ser chamados de OVNIs, sigla de objeto voador não identificado. Na década de 1950, a Força Aérea dos Estados Unidos cunhou a expressão UFO (abreviação de unidentified flying object), usada para descrever estes avistamentos. Na época, a Força Aérea chamava de UFOs os objetos que permaneciam sem explicação mesmo após análises de especialistas. Com o tempo, os OVNIs e UFOs se tornaram termos que, muitas vezes, são usados como sinônimos de possíveis formas de vida alienígena.”

Pesquisas Atuais e Futuras sobre UAPs

“Até o momento, não foram encontradas evidências de vida extraterrestre e nem de que tais objetos tenham relação com seres de outros mundos. Por isso que, oficiais dos Estados Unidos e cientistas vêm usando a sigla UAP, promovendo uma separação das especulações sobre a possibilidade de estas ocorrências terem relação com seres extraterrestres. Como há poucas observações e registros dos UAPs em alta qualidade, é difícil para os cientistas chegarem a conclusões sobre a origem deles. Mesmo assim, os objetos seguem sendo investigados por pesquisadores e agências espaciais.”

Leia também

Publicidade

Compartilhe

Publicidade

Bem Vindo ao HoraBrasileira

Nosso blog se destaca pela ampla variedade de conteúdos, incluindo política, economia, cultura, entre outros, com contribuições de colaboradores globais. Oferecemos nosso conteúdo em vários idiomas, essencial tanto para brasileiros no exterior quanto para estrangeiros.

Nossa missão é fornecer informações precisas, confiáveis e imparciais, com uma abordagem equilibrada, apesar de nossa orientação política progressista.

Comprometidos em manter a comunidade brasileira no exterior bem informada, garantimos acesso a notícias atualizadas e equilibradas sobre o Brasil e o mundo em diversas plataformas e idiomas.

Se você tem paixão por escrever e algo a dizer, queremos ouvir!

Pular para o conteúdo