Hora Brasileira

Onda de Frio Ártico Atinge o Sul dos EUA com Neve e Gelo

Publicidade

Onda de Frio Ártico Atinge o Sul dos EUA com Neve e Gelo

Extensa onda de frio ártico traz neve e gelo mortais ao sul dos EUA, provocando temperaturas congelantes e condições de viagem perigosas.
Uma pessoa atravessa a Tennessee Street enquanto a neve cai na segunda-feira no centro de Florence, Alabama.
Uma pessoa atravessa a Tennessee Street enquanto a neve cai na segunda-feira no centro de Florence, Alabama.

Uma onda de frio ártico brutal e prolongada está afetando grande parte dos EUA, incluindo novas áreas no sul e leste, enquanto neve e gelo castigam partes do Sul. Eis os últimos desenvolvimentos:

  •  Iowa enfrenta caucases gelados: Espera-se que os caucases de Iowa desta segunda-feira sejam os mais frios já registrados, com temperaturas altas abaixo de zero e sensações térmicas chegando a -30 graus Celsius, condições suficientes para causar congelamento da pele em apenas 10 minutos.
  • 79% dos EUA sob temperaturas congelantes: Mais de 140 recordes diários de frio podem ser quebrados entre segunda e terça-feira, de Oregon a Mississippi. Cidades como Memphis, Dallas e Nashville devem permanecer abaixo de zero por pelo menos 72 horas consecutivas.
  • Condições de viagem traiçoeiras: Neve, granizo e chuva congelante se acumularam nas estradas do sul e centro dos EUA de domingo para segunda, tornando as viagens perigosas. Um acidente fatal foi relatado em Arkansas, e a mistura invernal continua a se espalhar do Texas ao Vale do Mississippi Inferior, passando pelo Vale do Tennessee e pelas Montanhas Apalaches do Sul.
  • Ventos gélidos ameaçadores à vida: Mais de 140 milhões de pessoas nos EUA estão sob alerta de ventos gélidos, que vão da fronteira com o Canadá até a fronteira com o México. Em Dakota do Sul, as sensações térmicas podem chegar a -45 graus Celsius.
  • Rede elétrica vulnerável no Texas: Com as temperaturas congelantes, ERCOT, responsável por 90% da carga elétrica do estado, pediu que os texanos economizassem energia. Embora o pedido tenha terminado, alertas semelhantes são esperados para terça-feira.
  • Fim da sequência sem neve nas grandes cidades: Neve prevista para o meio do Atlântico na segunda e no Nordeste entre segunda e terça pode encerrar mais de 700 dias sem um centímetro de neve em cidades como Washington, D.C., Filadélfia e Nova York.

Mais de 70 milhões de pessoas estão sob alertas de tempo invernal, abrangendo 1400 milhas, de partes da fronteira Texas-México até o sul de Nova York. A tempestade deverá deixar neve de Oklahoma a Virgínia, enquanto gelo se acumula ao sul.

Em Memphis, onde ainda não houve neve mensurável este ano, prevê-se entre 3 e 7 polegadas de neve. Já em partes das Montanhas Rochosas Centrais e ao redor dos Grandes Lagos, são esperadas nevascas intensas até terça-feira.

O Oregon ainda se recupera de uma forte tempestade de inverno, com mais de 111000 residências e empresas sem energia no domingo à noite.

Leia também

Publicidade

Compartilhe

Publicidade

Bem Vindo ao HoraBrasileira

Nosso blog se destaca pela ampla variedade de conteúdos, incluindo política, economia, cultura, entre outros, com contribuições de colaboradores globais. Oferecemos nosso conteúdo em vários idiomas, essencial tanto para brasileiros no exterior quanto para estrangeiros.

Nossa missão é fornecer informações precisas, confiáveis e imparciais, com uma abordagem equilibrada, apesar de nossa orientação política progressista.

Comprometidos em manter a comunidade brasileira no exterior bem informada, garantimos acesso a notícias atualizadas e equilibradas sobre o Brasil e o mundo em diversas plataformas e idiomas.

Se você tem paixão por escrever e algo a dizer, queremos ouvir!

Pular para o conteúdo