Hora Brasileira

Pequenas e médias mepresas podem contratar energia no Mercado Livre em 2024

Pequenas e médias mepresas podem contratar energia no Mercado Livre em 2024

Empresas de setores como padarias já podem escolher fornecedores e negociar preços
Pequenas e Médias Empresas Podem Contratar Energia no Mercado Livre em 2024. Empresas de setores como padarias já podem escolher fornecedores e negociar preços
Pequenas e Médias Empresas Podem Contratar Energia no Mercado Livre em 2024. Empresas de setores como padarias já podem escolher fornecedores e negociar preços

O ano de 2024 trouxe uma boa notícia para pequenas e médias empresas que operam em alta tensão, como padarias e outros setores, e têm contas em torno de R$ 9 mil. Agora, esses consumidores têm a opção de migrar para o Mercado Livre de Energia, um ambiente de venda que permite escolher fornecedores de preferência e discutir preço, quantidade, período de recebimento e forma de pagamento da energia.

Até o final do ano passado, essas empresas eram obrigadas a se submeter ao mercado regulado, conhecido como mercado cativo, comprando energia exclusivamente da distribuidora local. Antes da abertura, somente consumidores com demanda mínima de 500 kilowatts podiam participar do mercado livre.

“A partir de 2024, todos os consumidores conectados em alta tensão podem ser livres, independentemente da demanda contratada. Antes, precisavam consumir um mínimo para serem livres, agora basta estarem conectados na alta tensão para serem elegíveis”, informou Daniela Alcaro, sócia da Stima Energia, em entrevista à Agência Brasil.

De acordo com Daniela, entre as 200 mil unidades conectadas em alta tensão, 37 mil já são livres, pertencendo principalmente a grandes indústrias que migraram desde 2001. No entanto, um grupo de 72 mil unidades, que anteriormente não tinha a opção de migrar, está demonstrando interesse nessa mudança. Dessas, 13 mil já denunciaram seus contratos na distribuidora, indicando sua intenção de migrar.

O mercado brasileiro de energia é dividido entre Ambiente de Contratação Regulada (ACR) e Ambiente de Contratação Livre (ACL). Consumidores cativos compram energia de distribuidoras no ACR, enquanto no ACL, consumidores podem escolher diretamente geradores ou comercializadores.

A migração para o mercado livre traz vantagens, incluindo redução de custos com energia devido a contratos mais baratos. Além disso, oferece previsibilidade, pois os consumidores sabem antecipadamente quanto pagarão pela geração. A administradora Daniela Alcaro enfatizou que a migração é uma alternativa para economizar, especialmente para empresas que não adotaram soluções como energia solar.

Erico Mello, outro sócio da Stima Energia, destacou que o mercado livre começou a ganhar destaque em 2001/2002, especialmente com a migração de grandes clientes como Vale e Votorantim. Desde 2008, cerca de 20% da carga nacional é atendida pelo mercado livre.

A abertura do mercado livre para clientes conectados em alta tensão entrou em vigor em 1º de janeiro de 2024. O presidente do Conselho de Administração da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), Alexandre Ramos, assegurou que a câmara tomará todas as ações necessárias para garantir a abertura contínua e sustentável desse mercado. Consumidores residenciais ainda não têm permissão para migrar, e associações do setor buscam a abertura total para todos se beneficiarem da redução de custos.

Leia também

Publicidade

Compartilhe

Publicidade

Bem Vindo ao HoraBrasileira

Nosso blog se destaca pela ampla variedade de conteúdos, incluindo política, economia, cultura, entre outros, com contribuições de colaboradores globais. Oferecemos nosso conteúdo em vários idiomas, essencial tanto para brasileiros no exterior quanto para estrangeiros.

Nossa missão é fornecer informações precisas, confiáveis e imparciais, com uma abordagem equilibrada, apesar de nossa orientação política progressista.

Comprometidos em manter a comunidade brasileira no exterior bem informada, garantimos acesso a notícias atualizadas e equilibradas sobre o Brasil e o mundo em diversas plataformas e idiomas.

Se você tem paixão por escrever e algo a dizer, queremos ouvir!

Pular para o conteúdo