Hora Brasileira

Tennessee abre portas para médicos estrangeiros: nova legislação sem exigência de residência

Publicidade

Tennessee abre portas para médicos estrangeiros: nova legislação sem exigência de residência

"O estado norte-americano do Tennessee aprovou a lei HB 1312, que permite a médicos estrangeiros trabalharem nos EUA sem frequentar um programa de residência, abrindo novas oportunidades na área de saúde em meio a escassez de profissionais.
Tennessee abre portas para médicos estrangeiros: nova legislação sem exigência de residência
Tennessee abre portas para médicos estrangeiros: nova legislação sem exigência de residência

Após escassez de profissionais de Saúde, o Tennessee, estado norte-americano, agora permite que médicos estrangeiros trabalhem nos EUA sem a necessidade de frequentar um programa de residência, através da aprovação da lei HB 1312. Essa nova legislação torna o Tennessee a primeira unidade estadunidense a permitir tal possibilidade.

Plano de Trabalho Supervisionado

Durante os dois primeiros anos, os médicos estrangeiros trabalharão com uma licença provisória, supervisionados por um profissional já licenciado. Após o prazo, os profissionais receberão as licenças irrestritas.

Perspectivas dos Imigrantes nos EUA

Especialistas em imigração,  consideram que a presença dos imigrantes nos EUA representa um papel importante na economia e sociedade estadunidense. “Atualmente, 13% da população do país é composta por imigrantes”. “Os EUA estão ávidos por imigrantes qualificados, mas é necessário que a situação legal de quem chega aos EUA esteja em ordem. O mais procurado por esses profissionais qualificados é o visto EB-2NIW, seguido do visto EB-1A”.

Escassez de Médicos e a Comparação com o Mais Médicos

A escassez de médicos beira um déficit de quase 6 mil profissionais até 2030, sendo que 1.107 são só para cuidados primários. E a falta de mão de obra qualificada não se resume apenas à Saúde, já que, agora, os partidos Democrata e Republicano buscam facilitar a regularização de imigrantes nos EUA. Contudo, é importante ressaltar que a lei HB 1312 não busca contratação, como o programa brasileiro Mais Médicos. “O Mais Médicos é um programa que busca a contratação de médicos pelo governo federal, só que esses médicos habitam especificamente em áreas remotas. Já nos EUA não há nenhum programa de contratação pelo governo norte-americano, o programa visa única e exclusivamente facilitar a obtenção de licença para o exercício da medicina”.

Compreendendo o novo caminho do Tennessee para o licenciamento de graduados médicos internacionais

No complexo mundo do licenciamento médico, entender a nova legislação pode ser um desafio, especialmente para médicos estrangeiros. As recentes emendas às leis de prática médica no Tennessee buscam integrar mais graduados médicos internacionais no sistema de saúde. Aqui, vamos guiá-lo por essas mudanças em um formato de perguntas e respostas, esclarecendo o que você precisa saber sobre praticar medicina no Tennessee se for um graduado internacional.

Como mudou o processo de inscrição para graduados em medicina internacional no Tennessee?

A legislação recentemente alterada ampliou o escopo de quem pode se inscrever para exercer a medicina no Tennessee. Agora, os graduados em medicina internacionais que concluíram a residência fora dos EUA podem se inscrever para praticar medicina no Tennessee.

Quais são os requisitos para graduados em medicina internacionais praticarem medicina no Tennessee?

Se você completou a residência fora dos Estados Unidos e gostaria de obter uma licença para praticar medicina no estado do Tennessee, você precisa do seguinte:

  1. Ter concluído um programa de treinamento de pós-graduação de três anos (residência ou bolsa de treinamento em seu país de origem) ou ter praticado pelo menos três dos últimos cinco anos fora dos Estados Unidos.
  2. Evidência de ser um graduado internacional
  3. Uma oferta de emprego de um profissional de saúde no Tennessee que administra um programa de treinamento de pós-graduação credenciado pela ACGME (programa de residência ou bolsa de estudos).
  4. A avaliação do conselho de “competência” demonstrada.
  5. Certificação ECFMG: Você deve ter sua certificação ECFMG para poder praticar no Tennessee.

Qual é o principal desafio para graduados internacionais com esta nova lei?

Encontrar um emprego em uma instituição com residência credenciada pela ACGME ou treinamento com bolsa. Esses empregos geralmente não são fáceis de encontrar e tendem a exigir um histórico acadêmico robusto, com ênfase particular nas qualidades de liderança e contribuições de pesquisa.

Preciso concluir o STEP 1 e o STEP 2 CK para poder praticar nos EUA?

Sim, você precisa concluir e passar no STEP 1 e STEP 2 CK para exercer a medicina nos EUA.

O que é necessário para obter a certificação ECFMG?

Você precisa passar no exame STEP 1, STEP 2 CK, OET e se inscrever em um dos 6 caminhos para se tornar certificado pelo ECFMG. Você pode encontrar mais informações sobre os 6 caminhos para a certificação ECFMG aqui.

O que é uma licença provisória?

Uma licença provisória é uma permissão concedida a um graduado em medicina internacional que atenda aos requisitos estipulados. Esta licença permite apenas a prática médica em prestadores de serviços de saúde que executam um programa de residência credenciado pela ACGME. Isso significa que você não pode praticar em um consultório particular sem um treinamento de residência credenciado pela ACGME. Você não precisa estar matriculado em residência naquela instituição, mas deve estar em uma instituição que tenha um programa de residência. O Conselho tem o poder de revogar esta licença se o licenciado violar os padrões de segurança médica, competência ou conduta. O licenciado revogado tem o direito de recorrer da decisão no prazo de 120 dias.

Como um licenciado temporário provisório pode fazer a transição para uma licença completa e irrestrita?

Uma vez que um licenciado provisório mantém boa reputação por dois anos após o licenciamento inicial, o conselho deve conceder a ele uma licença completa e irrestrita. Com isso, o licenciado não se limita a praticar em estabelecimentos de saúde com programa de residência. Isso significa que você pode praticar em qualquer lugar no Tennessee, incluindo consultórios particulares sem um treinamento de residência credenciado pela ACGME.

Quando a lei entra em vigor?

A nova lei entrou em vigor em 1º de julho de 2024.

Em conclusão, a nova lei no Tennessee é um desenvolvimento bem-vindo para graduados médicos internacionais. Ao reconhecer sua experiência e habilidades, o estado abre mais portas para esses profissionais médicos, o que pode contribuir para uma melhor prestação de cuidados de saúde em todo o Tennessee.

Verifique a fonte (Inglês)

Leia também

Publicidade

Compartilhe

Publicidade

Bem Vindo ao HoraBrasileira

Nosso blog se destaca pela ampla variedade de conteúdos, incluindo política, economia, cultura, entre outros, com contribuições de colaboradores globais. Oferecemos nosso conteúdo em vários idiomas, essencial tanto para brasileiros no exterior quanto para estrangeiros.

Nossa missão é fornecer informações precisas, confiáveis e imparciais, com uma abordagem equilibrada, apesar de nossa orientação política progressista.

Comprometidos em manter a comunidade brasileira no exterior bem informada, garantimos acesso a notícias atualizadas e equilibradas sobre o Brasil e o mundo em diversas plataformas e idiomas.

Se você tem paixão por escrever e algo a dizer, queremos ouvir!

Pular para o conteúdo