Hora Brasileira

Tragédia em Minas Gerais: segunda morte registrada devido às fortes chuvas

Tragédia em Minas Gerais: segunda morte registrada devido às fortes chuvas

Minas Gerais enfrenta tragédia climática: segunda morte registrada após chuvas intensas e desabamento em Pedralva. Defesa Civil atua diante dos impactos.
Imagem aerea da cidade de Pedralva, na Região Sul de Minas Gerais.
A cidade de Pedralva fica na Região Sul de Minas Gerais - Foto: Prefeitura de Pedralva/Reprodução

Minas Gerais enfrenta mais uma vez as consequências devastadoras das chuvas intensas. Neste último domingo (19), a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Comdec) confirmou a segunda vítima fatal em decorrência dos eventos climáticos, ocorrido em Pedralva, na Região Sul do estado.

No trágico incidente, uma casa foi parcialmente derrubada devido às chuvas torrenciais e ventos fortes, resultando na perda irreparável de uma mulher. Além disso, duas pessoas ficaram feridas no mesmo episódio, evidenciando os perigos iminentes que acompanham as condições climáticas adversas.

De acordo com informações oficiais da Defesa Civil, o município de Pedralva foi atingido por uma intensa tempestade por volta das 16h30 do dia 19/11/2023. O comunicado destaca que as chuvas acompanhadas de vendavais foram responsáveis pelo desabamento parcial da residência, causando a fatalidade e os ferimentos.

Ainda que não tenha havido desabrigados na cidade, seis pessoas foram obrigadas a deixar suas casas devido ao risco de desabamento em decorrência das chuvas intensas.

Os números alarmantes continuam a crescer durante o atual período chuvoso em Minas Gerais, com 497 pessoas desalojadas, 18 desabrigadas e sete cidades enfrentando situações de anormalidade, conforme relatório divulgado pela Comdec.

Infelizmente, esta não é a primeira perda registrada durante as chuvas deste ano. Em Cássia, também na Região Sul do estado, no dia 15 de novembro, o pedreiro Welerson dos Santos, de 59 anos, perdeu a vida quando uma estrutura metálica de um barracão se soltou às margens da MG-444, no Distrito Industrial.

A situação demanda a atenção urgente das autoridades competentes e a solidariedade da comunidade. Medidas preventivas e de suporte às vítimas devem ser priorizadas para minimizar os impactos desses eventos climáticos extremos que assolam o estado. Fiquemos atentos às atualizações das autoridades locais e contribuamos, dentro de nossas possibilidades, para a superação desta difícil situação.

Leia também

Publicidade

Compartilhe

Publicidade

Bem Vindo ao HoraBrasileira

Nosso blog se destaca pela ampla variedade de conteúdos, incluindo política, economia, cultura, entre outros, com contribuições de colaboradores globais. Oferecemos nosso conteúdo em vários idiomas, essencial tanto para brasileiros no exterior quanto para estrangeiros.

Nossa missão é fornecer informações precisas, confiáveis e imparciais, com uma abordagem equilibrada, apesar de nossa orientação política progressista.

Comprometidos em manter a comunidade brasileira no exterior bem informada, garantimos acesso a notícias atualizadas e equilibradas sobre o Brasil e o mundo em diversas plataformas e idiomas.

Se você tem paixão por escrever e algo a dizer, queremos ouvir!

Pular para o conteúdo