Hora Brasileira

Vereadora Marielle Franco – Vida, Luta e Morte

Publicidade

Vereadora Marielle Franco – Vida, Luta e Morte

Marielle Franco foi uma vereadora e ativista pelos direitos humanos nascida em 27 de julho de 1979, no Rio de Janeiro. Ela foi criada na favela da Maré, uma das maiores comunidades do Rio de Janeiro.
Vereadora Marielle Franco
Vereadora Marielle Franco

Formada em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio de Janeiro,

Marielle obteve também um mestrado em Administração Pública pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Ela trabalhou em várias organizações não governamentais, como a Brasil Foundation, a Fundação Ford e o Centro de Ações Solidárias da Maré.

Em 2016, Marielle foi eleita vereadora do Rio de Janeiro pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), com a quinta maior votação.

Durante seu mandato, ela foi reconhecida por sua luta pelos direitos humanos, especialmente em defesa das mulheres, dos negros, dos LGBTs e dos moradores de favelas.

Marielle também denunciou a violência policial e a atuação de grupos de milícias no Rio de Janeiro, que muitas vezes agem em parceria com agentes públicos e praticam crimes como assassinatos, extorsões e tráfico de drogas. Ela defendia uma política de segurança pública baseada na valorização dos direitos humanos e na proteção das comunidades vulneráveis.

Infelizmente, Marielle Franco foi assassinada a tiros no dia 14 de março de 2018, juntamente com o motorista Anderson Gomes, quando voltava de um evento político no centro do Rio de Janeiro.

Seu assassinato chocou o Brasil e o mundo, gerando uma onda de comoção e indignação. Ainda hoje, a sua morte é um exemplo da violência e da intolerância que muitos defensores dos direitos humanos enfrentam em seu trabalho diário.

Até o momento, as investigações oficiais ainda não identificaram os mandantes do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, ocorrido em 14 de março de 2018 no Rio de Janeiro.

No entanto, a polícia já prendeu dois suspeitos de terem executado o crime: Ronnie Lessa, ex-policial militar, e Élcio Vieira de Queiroz, ex-policial militar expulso da corporação. Ambos negam envolvimento no assassinato.

O caso é considerado complexo e ainda está em andamento

As investigações seguem em sigilo e as autoridades responsáveis afirmam que estão empenhadas em identificar todos os envolvidos no crime e trazê-los à Justiça.

Marielle Franco foi uma vereadora e ativista pelos direitos humanos no Rio de Janeiro, tendo sido eleita em 2016 com a quinta maior votação. Seu assassinato chocou o Brasil e o mundo, gerando uma onda de comoção e indignação.

Leia também

Publicidade

Compartilhe

Publicidade

Bem Vindo ao HoraBrasileira

Nosso blog se destaca pela ampla variedade de conteúdos, incluindo política, economia, cultura, entre outros, com contribuições de colaboradores globais. Oferecemos nosso conteúdo em vários idiomas, essencial tanto para brasileiros no exterior quanto para estrangeiros.

Nossa missão é fornecer informações precisas, confiáveis e imparciais, com uma abordagem equilibrada, apesar de nossa orientação política progressista.

Comprometidos em manter a comunidade brasileira no exterior bem informada, garantimos acesso a notícias atualizadas e equilibradas sobre o Brasil e o mundo em diversas plataformas e idiomas.

Se você tem paixão por escrever e algo a dizer, queremos ouvir!

Pular para o conteúdo